04 dezembro 2015

IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS DORES


A edificação foi inaugurada, em 1921. Os alicerces da Igreja foram assentados, nos últimos anos do século XIX, mas a edificação só chegou a ser erguida, nas décadas seguintes. Com a inauguração, o novo templo passou a ser a matriz da cidade, substituindo a Igreja de São Sebastião, que ocupou essa posição, desde 1832. Esse prédio é uma construção suntuosa no conjunto da pequena praça, onde está localizado, da qual é a principal edificação. Foi construído em estilo neoclássico, com torre única, apresentando linhas harmoniosas e amplo espaço interno. Há imagens antigas, das quais não se pôde precisar a idade, da Virgem Maria, do Senhor dos Passos e de Nossa Senhora da Aparecida. As quatro imagens do altar-mor, são também antigas, tendo sido restauradas recentemente. O piso de cerâmica trabalhada é original, à exceção do altar-mor, fixado contemporaneamente. Há vitrais simples, em cor única. Nas paredes laterais, foi colocada representação moderna da Paixão de Cristo. As escadas de madeira que levam ao coro e à torre parecem ser originais. O estado de conservação da Igreja é muito bom.

Fonte: Folha do Indaiá.